PESQUISA: DIABETES TIPO 2 E OBESIDADE

O QUE É O ESTUDO?

Estamos recrutando pacientes voluntários para pesquisa inédita no mundo, que pretende comprovar os benefícios da cirurgia metabólica (gastroplastia) em comparação ao melhor tratamento clínico para pacientes com

Diabetes Mellitus tipo 2, que apresentam complicações decorrentes da doença. A participação é gratuita e os pacientes terão acompanhamento de uma equipe especializada, composta por cirurgião

bariátrico, endocrinologista e nutricionista,  ao longo de cinco anos. A pesquisa será realizada na Unidade de Pesquisa Clínica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, na cidade de São Paulo.

IMC

DIAGNÓSTICO

19 - 24

25 - 29

30 - 34

35 - 39

40 - 49

50

Os interessados em participar do estudo devem ter histórico de Diabetes Mellitus tipo 2 há 15 anos ou menos  e apresentar diagnóstico ou sintoma inicial de doenças microvasculares, que apresentam alta incidência entre diabéticos, tais como as da retina (retinopatia diabética), dos rins (nefropatia diabética) ou neuropatia periférica. Os candidatos também devem apresentar o Índice de Massa Corpórea (IMC) entre 30 e 35 kg/m2, ou seja, obesidade leve.

Para participar, os interessados devem preencher e encaminhar o formulário disponível neste site.  Os dados serão avaliados por uma equipe de triagem. Os candidatos considerados aptos para o estudo serão chamados para uma primeira consulta com endocrinologista, realização de exames e definição das próximas etapas.

· * = Os IMC entre 35 e 39, acompanhado de doenças associadas, indicam cirurgia.
· ** = Alguns consideram IMCs acima de 70 como super superobesidade

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

normal

sobrepeso

obesidade leve

obesidade moderada*

obesidade mórbida

superobesidade **

CALCULE SEU IMC

>

QUEM PODE PARTICIPAR

COMO PARTICIPAR

MÉDICO RESPONSÁVEL

DR. RICARDO COHEN

 >

Graduado em Medicina, em 1984, e doutor em Medicina (Clínica Cirúrgica) pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é coordenador do Centro de Obesidade e Diabetes do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Sua área de atuação é principalmente nos seguintes temas: diabetes mellitus tipo 2 e cirurgias bariátrica e metabólica.

É membro do Comitê Executivo da Federação Internacional de Cirurgia da Obesidade (IFSO), membro honorário da Sociedade Espanhola de Cirurgia da Obesidade e foi apontado pela Sociedade Americana de Cirurgia Metabólica e Bariátrica  (American Society for Metabolic and Bariatric Surgery – ASMBS), como um dos 30 médicos mais influentes do mundo nesta área do conhecimento. Já publicou mais de 50 artigos e nove livros.

O QUE É DIABETES TIPO 2?

O QUE É CIRURGIA METABÓLICA?

O diabetes mellitus é uma doença caracterizada pelo excesso de glicose (açúcar) no sangue. Os níveis de glicose no sangue são regulados pela insulina, um hormônio produzido no pâncreas. Quando falta insulina ou quando ela não atua corretamente, ocorre um dos tipos de diabetes mellitus. Os portadores de diabetes tipo 2 são os que poderão participar desta pesquisa.

 

No diabetes mellitus tipo 2, a insulina é produzida, mas os receptores das células-alvo não funcionam corretamente.  Por isso a glicose não é metabolizada e fica concentrada na corrente sanguínea. É o tipo mais comum, representa 80% dos casos, e, normalmente, tem início na idade adulta. Costuma ser uma doença hereditária, mas a obesidade e o sedentarismo contribuem para o seu aparecimento.

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

A cirurgia metabólica, também conhecida como cirurgia para redução de estômago, objeto do estudo, é destinada ao tratamento da obesidade e das doenças associadas  ou agravadas pelo excesso de gordura corporal.

 

O procedimento ocorre no tubo digestivo, promovendo a melhora do diabetes, do colesterol, do tiglicérides e da hipertensão, independente da perda de peso.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

FORMULÁRIO ESTUDO DIABETES TIPO 2 E OBESIDADE